Os teus olhos meigos nada me dizem, o teu sorriso sincero é-me indiferente, mas o teu corpo, o teu corpo quente, põe-me doente, faz arder a minha mente, a minha pele, deixa-me na boca um travo a mel e dentro de mim um desejo ardente, nada inocente, pecador, que sonha ver-te gritar de dor num espasmo e rebentar de prazer num orgasmo. 78 more words