Recordo-me de umas palavras inicias do livro Complexidade e Contradição em Arquitetura, que na minha memoria, diziam algo como [“Há pessoas que preferem arrancar os olhos para não ver a realidade…”] e que cimentaram um pensamento inquieto em mim desde a época da faculdade quando li o livro. 397 more words