Tags » Pensamentos

#937

Todas as semanas é publicada uma lista em que Porto, Lisboa e as aldeias mais portuguesas de Portugal aparecem como um dos melhores destinos do mundo, para consolo do ferido orgulho nacional. 75 more words

Imprensa

#936

As cidades são como um livro que se deve ler com os pés.
José Alberto Santos, fugas

Só vale a pena viver uma cidade se esta for contemplada de uma forma autêntica – andar de transportes públicos, estar em filas para comprar pão, ajudar uma pessoa ao nosso lado, cheirar as comidas que são confeccionadas na rua, ouvir as palavras dos vendedores que se repetem vezes sem conta na esperança que alguém as ouça, esperar pelo autocarro, entrar no autocarro errado e logo parar para sair na primeira paragem, seguir a linha do eléctrico porque sabemos que nos leva a algum lado, olhar e ver as crianças a brancar, desconhecer em que ruas estamos mas mesmo assim andar com confiança, regatear o preço em português ou em turco ou em outra qualquer língua.
Ana Vidal Carvalho, fugas

Imprensa

Sobre despedidas e últimos momentos

No próximo mês eu deixo minha terra natal para viver em outro estado, no caso, na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Já fiz viagens por alguns lugares, mas nunca fiquei mais de um mês fora do Acre, então ir morar em outro estado, apesar de ser um sonho antigo, está me deixando com uma série de novas emoções e sensações. 197 more words

Cafezinho

Pois é

Eu fui e eu voltei. E novamente estou presa nos dilemas da vida.
Estava meio pessimista no começo em relação ao meu ano passado, mas a verdade é que saiu muito bem. 161 more words

Palavras não bastam

Você aprende o caminho do perdão, quando os outros caminhos não te levam a lugar algum.
Você aprende que a guerra não compensa, quando ela acaba e você vê, em pedaços, tudo o que foi construído. 117 more words
Penso Logo Escrevo

O ser humano escolhe o que vai fazer?
Por que o governo precisa fabricar o militar ou o médico?
Educação diferenciada aos sujeitos.
O governo financia a desgraça social? 54 more words

Pensamentos

Corujas

Quando saí do consultório, estava atordoado demais para seguir meu caminho habitual. Não podia simplesmente esperar no ponto de ônibus ao lado de vários rostos desconhecidos, talvez também atordoados. 309 more words

Sociedade